Mothern - Manual da Mãe Moderna

Para comprar o livro
Mothern - Manual da Mãe Moderna:
Matrix Editora
Saraiva
Fnac
Siciliano
Submarino

As 500 melhores coisas de ser mãe

Para comprar o livro
As 500 melhores coisas de ser mãe:
Matrix Editora
Saraiva
Siciliano
Submarino

Mothern no GNT
Para assistir ao programa no GNT:

Terceira temporada
Domingo 03:33
Domingo 17:02
Terça 23:31
Quarta 14:00
Quinta 11:00

Leia e deixe seu recado
Leia e deixe o seu recado

Leia Também
Nossa primeira blogada.
Mothern. Vale a pena ser uma?
A Verdade.
Restaurante com crianças: mantendo a finesse.
Tchau, cocô!
Meu blog, meu filho.
Programas de curumim.
Porque contratar uma mothern.
Abomináveis.
O novo pai.
Unha é útil!
Primeiro Quiz Mothern.
Os piores pais.
Susi Foda.
Meu marido e sua performance.
Manual de convivência com amigas motherns.
Manual de convivência com amigos sem filhos.
A saga da escolha de uma escolinha.
Comendo os convidados.
Cabeleireira por um dia.
Marquinho,o sedutor de menores.
A teoria dos inversos proporcionais.
De mudança.
O que são 2 anos, afinal?
Matemática motherna.
No embalo das cólicas.
Chupeta no lixo.
Post-preguiça-descontrol.
Arquitetura motherna I (banheiros públicos).
Arquiteturamotherna II (hotelaria).
Aunião duradoura.
O comercial que não vale um Danoninho.
Laura, versão 3.3.
Boanoite, Cinderella.
O brinquedo abominável.
Mais lenha para a Borralheira.
Técnicas avançadas de alimentação infantil.
A bolsa mothern.
Cólica ou refluxo?
Só no sapatinho.
Tecnologia a (des)serviço da mothern.
A mascote.
Operação brinco.
De começos e outras dores.
Mau-humor é uma merda.
"Diga-me o que ledes..."
Feira motherna.
O Homem-Banguela.
Organizações Mothern.
Nana neném.
Por quê?!
O poder persuasivo do choro.
Serviço de branco.
A arte de enganar crianças.
Manual Mothern de Sobrevivência I - Reunião de pais.
"...é tarde, é tarde, é tarde."
Manual Mothern de Sobrevivência II - Festinha de Aniversário.
Chove,chuva
Voce sabe que está envelhecendo...
Manual Mothern de Sobrevivência III- Viagem de carro.
A mãe de 30.
Poesia para Dedé.
Rosa, a cor suprema.
Não é a mamãe!
A menina de tres.
Síndrome da Proximidade das Férias.
O verão para as grávidas.
Hey, mister DJ!
A comida ambulante.
Babáou escolinha?
Cagada no clube.
Deupositivo. E agora?
SociologiaMotherna
Para entender as mães.
A Fal e os livros.
O segundo filho.
Muito além da Susi.
O dia da posse.
Koan
Truques bizarros para adormecer crianças.
Porque não ver o filme da Xuxa.
Para entender as mães II.
Ligada ou desligada?
Diálogo motherno.
Condicional.
Festa de 1 ano.
O resguardo.
Fimde caso.
Para os 10 anos do menino.
Não-post.
Todos os nomes da coisa.
Ensinando a pedalar.
Recaída.
Um post de carnaval.
Desejo de grávida.
A arte de receber com crianças em casa.
XY.
Manual de convivência com amigos sem blogs.
Diálogos do casamento I.
Paras empre.
Diálogos do casamento II.
Hai Kai da Alice.
Manual de Convivência com Amigos Blogueiros.
A mãe-adolescente.
Pânico I - a mancha.
Drops Kids.
Talk Sex with Flávia Johanson.
Artigos de luxo para a infância do séc. XXI.
Abril.
De quem é o meu peito?
Técnicas de escovação dental infantil.
20 dicas para o Dia das Mães.
A mãe lesada.
Guia de Sobrevivência Mothern IV - Viagens de trem.
Mulheres Admiráveis I.
A mãe criança.
3 dicas rápidas para o banho do seu filho.
O menino nota 10.
Pequenos prazeres femininos I.
E assim se passaram 3 anos.
Flagrante de uma não-mothern.
Chatos convictos.
A menina que vive num musical.
Educação sonora.
Clube da Luta.
Mamãe é uma festa.
Sexta-feira, Clarice e algo mais.
Carta aberta ao presidente da CBF.
Guilherme Augusto Araújo Fernandes.
Dia de sol. Noite sem luz.
Elogio ao não.
As flores do bem.
Na verdade.
Chá de bonecas.
Passou, passou.
Poema da Fal para a Nina.
Ô Cridê!!!
Na feira com a Helô.
It's okay.
Pensando bem.
Primeiro Glossário Mothern.
A mãe superintendente.
Rimando.
Bloody sunday.
No elevador com a Moema.
The Great Fashion Disaster.
Escravizados por um ursinho azul.
A Outra.
O pai que não ajuda.
ARTI ou o Artesanato Reciclado Tosco Infantil.
Viajando sozinho(a).
É possível, sim.
Filha de peixe...
A mulher que se apaixonou pelos peixes.
Tody, o cão emprestado.
Dá pra ser.
Mulheres admiráveis - II.
Viajando com a Zara.
Dicionário Bernardês-Português (por Pedro Vittiello).
A Arca de Laura.
Racionamento.
Manual Mothern de Sobrevivência V – Organização de festas infantis.
O homem de 40.
Não tem comparação.
Eu, não.
Asilo GrandMotherns.
A incrível receita salvadora do Leite de Cereais.
Minha professora Geralda.
A Síndrome do Sapo Cantor.
TPM ou Como aproveitar um dia de fúria.
Não estamos grávidas.
Coca-cola é isso aí.
Economia motherna I – Produtos genéricos.
Os shows da vida.
Unplug and play.
Carol é vítima da moda dos outros.
A criança indobrável.
Manual de sobrevivência Mothern VI – Férias escolares.
Disney, sempre assim.
Estive na Bahia e antes não tivesse me lembrado de você.
Pequena advertência Mothern.
Então é Natal.
Matrioshka.
Fim de ano na moita.
Tomé, quem?!
Má-mãe ou A culpa também é uma merda.
Alê e o brinquedo de castigo.


Escreva sua opinião, comentário, sugestão etc.

motherns@hotmail.com


Outros Blogs
alice
afrodite
ask the dust
a teus pés
bloggete
blowg
brazileira preta
colega
copy & paste
daniel galera
daniel pellizzari
delicias cremosas
drops da fal
enigmatic mermaid
el latin lover
fel
fezoca's blurbs
gente
full giu
heranças
historias, estorias e afins
interney
internetc.
kaleidoscopio
lado b
lets blogar
luisa
malgardee
mario av
marketing hacker
moshi moshi
mosteiro virtual
mui gats
mulherzinha
mundoperfeito
nadas
oba fofia
o relicário
plenamente
rendição
síntesedas antíteses
speed log
sub rosa
the obvious?
wumanity
zamorim
zel


Alguns Sites
02 neuronio
adbusters
baderna
clube do bebe
corre cotia
palavra cantada
tpm


Jabá dos Maridos
Ki-Aikidô
Massive Reggae


Foto das Motherns
Márcia Charnizon


Blog Design
Laura Guimarães


Programação
Giuliana Xavier


Arquivos


ATOM FEED



This page is powered by Blogger.
 

30.4.03:::
 

Minha inspiração para textos mothern cresce na relação inversa ao número de outdoors com mamães sorridentes de cabelo anos 50 (no mau sentido fashion). Mas eu não me esqueci de vocês, queridos leitores. Para enrolar, vou propor uma votação. Escolha o texto da Laura que você quer ler no Mothern que ela promete tentar fazer:

1. Guia de Sobrevivência Mothern IV - Viagens de Trem.
2. Sexo e Amamentação: de quem é o meu peito?
3. Caim e Abel: como lidar com as brigas entre irmãos sem matar um.
4. A menina que vive num musical.
5. Disfluência, a tucanagem da gagueira.
6. Fechando portas ou O espaço físico enquanto elemento educativo.
7. Túnel do Tempo: quando você volta a viajar com os seus pais.
8. A mãe-criança.
9. Técnicas (não muito) estranhas de escovação dental infantil.
10. Dupla personalidade: a mothern e a pretendência.

Vote aqui.

: : Laura : :


5:58 PM

 

Desvario de Patrícia:

Eu e Gabriela estamos de novo aprendendo a acordar cedo.
Não está sendo fácil para nenhuma das duas.
A diferença é que ela pode chorar.



5:57 PM

 

Abril

. mentira
. sol e vento fresco
. aniversário de uma menina
. feriado
. luz de outono
. mexerica para comer devagar
. outro feriado
. aniversário da outra menina
. lembranças de bebê novinho na minha casa
. comprar vinho
. dormir de meias
. feriado de novo.

: : Laura : :


5:56 PM

29.4.03:::
 

E agora mais esta!!!

: : Ju : :


5:30 PM

28.4.03:::
 

Disse o Ivan Lessa: criança está no mundo para “Nanu runa lima sá edu téqui”.

: : Laura : :


10:30 PM

 

There's a fine line between stupid and clever!

GABBA: versões ramoneiras de músicas do Abba. Bobo e divertido.

: : Laura : :


9:59 PM

 

Ai, meu saco... Começaram as campanhas de Dia das Mães.
Por que é que eu tenho tanta antipatia disso?
E por que é que, mesmo assim, eu espero presenças e mimos no tal domingo?

: : Laura : :


9:45 PM

25.4.03:::
 

O Ícaro trabalha na mesma empresa que eu. Hoje ele mandou esta colaboração por e.mail:

Estava tomando banho com minha filha de 4 anos chamada Júlia. Ela na banheira e eu no chuveiro, e a baixinha me olhando, certa hora ela me pergunta:

- Pai o que é isso debaixo do seu bililiu?
- Bom filha, é o saquinho do papai!
- Pai quando eu crescer vou ter saquinho?
- Não filha, saquinho é coisa de menino, menina tem pichuchua.
- Pai pra que serve o saquinho? (Nessa hora tive a impressão que devia ter trocado de assunto, mas...)
- Júlia, é pra guardar o neném antes dele ir para a barriguinha da mamãe.
(Fechei o olho e esperei o golpe final...)

- Pai, podemos ver filminho depois do banho?
- Ufaaaaaaaa!


Hahahaha!
(E ainda podemos acrescentar mais esta no resultado da nossa enquete: pichuchua.)

: : Ju : :


5:30 PM

 

O post que estava aqui em breve estará no livro Mothern - Manual da Mãe Moderna.


2:00 PM

 

Tem dia que é difícil levantar cedo. Tem dia que eu estou mais pra do que pra . Tem dia que eu não quero trabalhar. Tem dia que eu tou de ressaca. Tem dia que eu quero ficar sozinha. Tem dia que é foda ser mãe de família.

: : Laura : :


10:05 AM

24.4.03:::
 

Seguinte: hoje tem Samba do Bem no Lapa Multshow .
Banda Zé da Guiomar (samba + bossa nova) + dj Luciana Salles + residente Jeff K.
Dica de grandmothern Alê. E eu tou quase lá.

: : Laura : :


9:51 AM

 

Cara, esse Virunduns é engraçado demais.

: : Laura, num bom humor de começo de ano : :


9:42 AM

 

Como falar de sexo com os filhos? Gostei da dica da Flávia:

Oiê!Meninas,nesse finde eu tive uma conversa séria com minha filha. Ela está com 9 anos e começou a demonstrar uma certa confusão em torno do tema "como nascem os bbs". E lá fui eu catar um livro q me auxiliasse na explicação. é foda de achar,hein,já aviso logo, pq daqui a pouco será a vez de vcs. Um, até chegar no homem e na mulher passava pela galinha, pela vaca, pela pata e dá-lhe zoofilia! Era uma esbórnia total! Outro tratava tudo tão assepticamente q a garota ia achar q eu era um robô mas enfim achei um ótimo, pelo menos pra mim. Chama-se:"De onde viemos,explicando às crianças os fatos da vida,sem absurdos". E lá fomos nós. Ela lia uma página,eu,outra. Quando o bicho começou a pegar ela me passou a leitura total "pra entender melhor". E dava umas risadas, uns esgares nervosos (no livro:"e para estar realmente bem pertinho, o melhor é deitar por cima dela e colocar o pênis dentro da vagina" e ela "eeeeeeca" e eu "depois dos 18 vc vai gostar, filhinha, depois dos 18 "hehe,quem sabe cola,né?). O grande final foi com a seguinte conclusão dela: "Então quer dizer que metade de mim saiu de dentro do pinto do meu pai?!? Fala sério..."rárárá!
Mas foi difícil,sabiam? Nunca achei q fosse ser. Achei q ia tirar de letra, sem precisar de nenhum auxílio. Mas a presença do livro foi fundamental pq estabeleceu uma ponte entre os pais dela e os pais todos do mundo,eu não estava falando de mim e sim do q é humano. Enfim, minha pequena já sabe daonde vem os bbs.
Beijo e mais uma experiência compartilhada, q bom!
Flá


: : Laura : :


9:28 AM

23.4.03:::
 

Drops Kids

Essa uma mãe contou na reunião da escola:
_Por que é que eu, que sou pequeno, tenho que dormir sozinho e vocês, que são grandes, podem dormir juntos?

* * *

Por falar em reunião de pais, o Marquinho agora tem concorrência, mas continua irresistível. Outro dia ele disse assim no final da brincadeira na areia:
_Quem calçar o sapato primeiro vai me dar um beijo ou um abraço!

Ah, sim: Gabi ainda contou que foi ela quem "ganhou".

* * *

Eu, estressadinha, em véspera de viagem:
_Gabriela, tira essa bolsa do meio do caminho!
Ela obedeceu, blasé:
_Tinha um bolsa no meio do caminho... no meio do caminho tinha uma bolsa...

* * *

Na praia, passou um vendedor de redes, com forte sotaque nordestino. Quando veio o segundo, Gabi me perguntou baixinho:
_Mãe, esses moços são caetanos?

: : Laura : :


1:05 PM

 

Jorge de Capadócia

Jorge sentou praça
Na cavalaria
E eu estou feliz porque eu também
Sou da sua companhia
Eu estou vestida com as roupas
E as armas de jorge
Para que meus inimigos tenham pés
E não me alcancem
Para que meus inimigos tenham mãos
E não me toquem
Para que meus inimigos tenham olhos
E não me vejam
E nem mesmo um pensamento
Eles possam ter para me fazerem mal
Porque eu estou vestida com as roupas
E as armas de Jorge
Salve Jorge
Salve Jorge
Salve Jorge
Armas de fogo
O meu corpo não alcançarão
Facas e espadas se quebrem
Sem o meu corpo tocar
Cordas e correntes arrebentem
Sem o meu corpo amarrar
Porque eu estou vestida com as roupas
E as armas de Jorge.


Oração a São Jorge, tradição popular, amaciada e suingada por Jorge Benjor.
Para a minha Nina, para a Lia e quem mais fizer aniversário hoje.

: : Laura : :


7:59 AM

22.4.03:::
 

Acabei de chegar de viagem. O tempo de tomar um bom banho no meu banheiro, achar minha tpm, morrer de rir com o badulaque, tomar contato com a "civilização", ouvir o som da tv depois de 10 dias sem isso, me entristecer com a morte da mulher que me ajudou a escolher o nome da primeira filha. E abrir um envelope com um livrinho lindo dentro, querer dormir muito para amanhã ler a história para as meninas.

Tentei me atualizar do Livro de Visitas, vi que a conversa está ótima mas fica para amanhã. Tou louca pra postar. Amanhã eu volto.

: : Laura, preta de sol e roxa de saudades disso aqui : :


11:52 PM

15.4.03:::
 

Fever

Dia 26 de abril, no Anhembi, em São Paulo, tem Skol Beats, com várias tendas e dezenas de DJs.

De 1º a 4 de maio, aqui em BH, tem Eletronika no Palácio das Artes, com exposições, debates, vídeos, workshop de edição musical, shows, festas e muita, muita ferveção.

Babás, avós, tias e babysitters têm muitas noites de trabalho pela frente.

: : Ju (preparada para se jogar) : :


10:11 AM

11.4.03:::
 

Pânico I

Ontem à noite, a apreensão:
- Ed, olha isso aqui no pé da Alice.
Entre o segundo e o terceiro dedo do pé direito, uma mancha marrom-amarelada, com aparência de iodo, mas sem ferimentos visíveis.
- Será que ela machucou na escola e alguém passou iodo?
- Alice, você machucou na escolinha hoje e a professora passou um remedinho no seu pé?
- Não.
- O que é isso aqui no seu pé, Lili?
- É nada.
- Mas olha, tá marrom aqui... você machucou?
- Não. É lama.

Definitivamente não era lama.

Hoje de manhã, a mancha lá, igualzinha.
- Ed, não esquece de perguntar na escola se passaram alguma coisa no pezinho dela, tá?
Por via das dúvidas, perguntei também para a babá, assim que chegou:
- Rosa, você passou iodo ou alguma coisa no pé da Alice, no meio dos dedinhos?
- Não. Eu até vi essa mancha aí, achei que vocês tivessem passado. Não saiu no banho.


Na volta da escola, vou levar a Lili para lavar as mãozinhas imundas e, depois da segunda lavada, o terror:
- Ed, apareceu a mesma mancha nas pontas dos dedos da mão!!! Você perguntou na escola se passaram alguma coisa nela?
- Perguntei, a professora falou que ninguém passou nada, não.
- Alice, o que isso aqui? Você machucou?
- É nada, mamãe. É lama.
- JU, LIGA PARA A PEDIATRA!


Com o coração já na garganta e as pernas trêmulas, ligo para o consultório:
- Dra. Simonete já saiu.
Para a casa dela:
- A Dona Simonete viajou.
Para o celular:
- Telemig Celular informa: o número chamado encontra-se desligado ou fora da área de serviço.

Lágrimas me saem dos olhos.
Por dentro de mim, o estômago e os pensamentos se embrulham:
”Não é possível, meu Deus! Hoje é sexta-feira, o que eu vou fazer?!!!
Mancha marrom-amarelada?! Eu nunca vi isso! Será alguma coisa de fígado? Tá aparecendo tão rápido! E se ninguém descobrir o que é? Meu Deus! Será que eu vou conseguir ser tão corajosa como a Susan Sarandon em 'Óleo de Lorenzo'?! Será que na internet alguém vai saber me ajudar?”

- Ju, vem cá.

”Melhor eu levá-la no pronto-socorro do Semper. Já sei: vou ligar pra Carla que conhece outra pediatra que atende nas férias da Simonete... ou será que eu procuro um hepatologista da Unimed?! Ou um oncologista?..”

- JU, VEM CÁ! Tá saindo!!!!
- Saindo? Quem tá saindo, Ed?
- A mancha, Ju! Tá saindo com álcool! O problema da menina é sujeira!


Ok. Podem rir à vontade.
Agora vocês podem rir à vontade.
Ufa.
Obrigada, meu Deus.

: : Ju (just being a mother) : :


3:18 PM

8.4.03:::
 

Para refletir:

. Um excelente post da Márcia sobre fraldas descartáveis X fraldas de pano.
Vamos pensar um pouco a respeito?
(Garimpado pela .)

Para desfalecer de amor:

. Seeking love, I see it winding in your curls.
Seeking life, I see it walking down your street.
Driven by deep thirst, I drink, only to see
A dream upon the water: you face to face with me.


ou essa:

No punishment, no threat,
Could make me tell this secret.
Something carries joy inside me
But I can't quite point to it.


Assim falava Rumi. E tem muito mais aqui.
(Descoberto no Mosteiro e garimpado por mim.)

: : Ju : :



9:43 AM

7.4.03:::
 

O post que estava aqui em breve estará no livro Mothern - Manual da Mãe Moderna.


10:59 PM

 

Gabriela na praça

_Mãe, olha ali, um cachorro invisível!

E eu olhei. Não vi nada e fiquei só rindo para o ex-bebê que acabou de fazer 4 aninhos.

: : Laura : :


4:05 PM

 

Aviso aos navegantes.
Taí, vale a pena refletir.

: : Ju : :


10:47 AM

4.4.03:::
 


Não é a coisa mais fofa? Nina, eu, Gabriela, Ju e Alice por Patty Shopping Show.
A-do-ra-mos!

: : Laura : :


9:21 AM

3.4.03:::
 

Got to be some more change in my life.

Poucas coisas são definitivas como um filho.
Maybe dois.
Maybe death.

: : Ju (num momento neodark de inspiração haikaística, ouvindo Interpol) : :


10:49 PM

 

Manual de Convivência (?) com Amigos Blogueiros

Estava tudo bem com o seu amigo. Até ele criar um blog. Ele agora fala sobre posts, comentários, links e contadores. Vive na frente do computador e fica de mau humor quando o blogger dá pau. Calma, nem tudo está perdido. Observe alguns pontos para não perder de vez o amigo que caiu na rede.

. Não pergunte “blog? o que que é isso?”. Uma pessoa descolada sabe que blogs são basicamente diários virtuais, de fácil atualização e que podem falar de assuntos variados, de sexo a maternidade.
. Visite o blog do seu amigo. Se ele souber escrever, você pode gostar. Se não gostar, aí complica, porque provavelmente ele vai continuar fazendo aquela bobagem.
. Comente os posts que você achar comentáveis. É claro que o seu amigo blogocêntrico prefere que você escreva no próprio blog, mas você pode usar o e.mail ou o telefone. Só não deixe para quando vocês se encontrarem, porque nunca se sabe quando isso vai acontecer.
. Mas nunca deixe comentários indiscretos sobre o passado do amigo, por mais micos e bas-fonds que ele tenha no curriculum. Sim, trata-se de um exibicionista, mas é ele quem escolhe o que contar.
. Não se assuste quando (ou se) encontrar com a sua amiga blogueira e ela estiver com o esmalte descascado, o cabelo sem corte, as roupas estranhas. Diga delicadamente que existe um mundo fora da internet e que ela precisa estar apresentável ‘as vezes.
. Instale o messenger para conversar com o seu amigo. Não é a mesma coisa, mas é alguma coisa. E é até divertido, você pode falar bobagens enquanto finge que trabalha.
. Chame para sair, convide, puxe o seu amigo para a realidade de vez em quando. Ele vai ver que a vida offline tem lá os seus encantos. E que ele tem uma sorte danada de ter você como amigo.

: : Laura : :


7:19 PM

2.4.03:::
 

Crianças deitadas parecem maiores.
Crianças dormindo ficam mais pesadas.
É em repouso que elas mais me surpreendem.

: : Laura : :


8:58 AM

 

O heranças é um blog coletivo que criamos. Não conhece? Entre lá e deixe a sua.

* * *

Para pensar: a fúria de um mundo agonizante.

: : Laura : :


8:54 AM

1.4.03:::
 

Hai Kai

O pai agora vive fazendo Hai Kais e recitando Bashô.
Depois de ouvir o enésimo, Alice (2 anos e 10 meses) resolve:
"Eu também vou fazer uma pousia!"
E improvisa no ato:

"De tarde
Menino e menina e borboleta
Comem no piquenique."


É. Acho que ela entendeu o espírito da coisa.

: : Ju : :


1:21 PM