Mothern - Manual da Mãe Moderna

Para comprar o livro
Mothern - Manual da Mãe Moderna:
Matrix Editora
Saraiva
Fnac
Siciliano
Submarino

As 500 melhores coisas de ser mãe

Para comprar o livro
As 500 melhores coisas de ser mãe:
Matrix Editora
Saraiva
Siciliano
Submarino

Mothern no GNT
Para assistir ao programa no GNT:

Terceira temporada
Domingo 03:33
Domingo 17:02
Terça 23:31
Quarta 14:00
Quinta 11:00

Leia e deixe seu recado
Leia e deixe o seu recado

Leia Também
Nossa primeira blogada.
Mothern. Vale a pena ser uma?
A Verdade.
Restaurante com crianças: mantendo a finesse.
Tchau, cocô!
Meu blog, meu filho.
Programas de curumim.
Porque contratar uma mothern.
Abomináveis.
O novo pai.
Unha é útil!
Primeiro Quiz Mothern.
Os piores pais.
Susi Foda.
Meu marido e sua performance.
Manual de convivência com amigas motherns.
Manual de convivência com amigos sem filhos.
A saga da escolha de uma escolinha.
Comendo os convidados.
Cabeleireira por um dia.
Marquinho,o sedutor de menores.
A teoria dos inversos proporcionais.
De mudança.
O que são 2 anos, afinal?
Matemática motherna.
No embalo das cólicas.
Chupeta no lixo.
Post-preguiça-descontrol.
Arquitetura motherna I (banheiros públicos).
Arquiteturamotherna II (hotelaria).
Aunião duradoura.
O comercial que não vale um Danoninho.
Laura, versão 3.3.
Boanoite, Cinderella.
O brinquedo abominável.
Mais lenha para a Borralheira.
Técnicas avançadas de alimentação infantil.
A bolsa mothern.
Cólica ou refluxo?
Só no sapatinho.
Tecnologia a (des)serviço da mothern.
A mascote.
Operação brinco.
De começos e outras dores.
Mau-humor é uma merda.
"Diga-me o que ledes..."
Feira motherna.
O Homem-Banguela.
Organizações Mothern.
Nana neném.
Por quê?!
O poder persuasivo do choro.
Serviço de branco.
A arte de enganar crianças.
Manual Mothern de Sobrevivência I - Reunião de pais.
"...é tarde, é tarde, é tarde."
Manual Mothern de Sobrevivência II - Festinha de Aniversário.
Chove,chuva
Voce sabe que está envelhecendo...
Manual Mothern de Sobrevivência III- Viagem de carro.
A mãe de 30.
Poesia para Dedé.
Rosa, a cor suprema.
Não é a mamãe!
A menina de tres.
Síndrome da Proximidade das Férias.
O verão para as grávidas.
Hey, mister DJ!
A comida ambulante.
Babáou escolinha?
Cagada no clube.
Deupositivo. E agora?
SociologiaMotherna
Para entender as mães.
A Fal e os livros.
O segundo filho.
Muito além da Susi.
O dia da posse.
Koan
Truques bizarros para adormecer crianças.
Porque não ver o filme da Xuxa.
Para entender as mães II.
Ligada ou desligada?
Diálogo motherno.
Condicional.
Festa de 1 ano.
O resguardo.
Fimde caso.
Para os 10 anos do menino.
Não-post.
Todos os nomes da coisa.
Ensinando a pedalar.
Recaída.
Um post de carnaval.
Desejo de grávida.
A arte de receber com crianças em casa.
XY.
Manual de convivência com amigos sem blogs.
Diálogos do casamento I.
Paras empre.
Diálogos do casamento II.
Hai Kai da Alice.
Manual de Convivência com Amigos Blogueiros.
A mãe-adolescente.
Pânico I - a mancha.
Drops Kids.
Talk Sex with Flávia Johanson.
Artigos de luxo para a infância do séc. XXI.
Abril.
De quem é o meu peito?
Técnicas de escovação dental infantil.
20 dicas para o Dia das Mães.
A mãe lesada.
Guia de Sobrevivência Mothern IV - Viagens de trem.
Mulheres Admiráveis I.
A mãe criança.
3 dicas rápidas para o banho do seu filho.
O menino nota 10.
Pequenos prazeres femininos I.
E assim se passaram 3 anos.
Flagrante de uma não-mothern.
Chatos convictos.
A menina que vive num musical.
Educação sonora.
Clube da Luta.
Mamãe é uma festa.
Sexta-feira, Clarice e algo mais.
Carta aberta ao presidente da CBF.
Guilherme Augusto Araújo Fernandes.
Dia de sol. Noite sem luz.
Elogio ao não.
As flores do bem.
Na verdade.
Chá de bonecas.
Passou, passou.
Poema da Fal para a Nina.
Ô Cridê!!!
Na feira com a Helô.
It's okay.
Pensando bem.
Primeiro Glossário Mothern.
A mãe superintendente.
Rimando.
Bloody sunday.
No elevador com a Moema.
The Great Fashion Disaster.
Escravizados por um ursinho azul.
A Outra.
O pai que não ajuda.
ARTI ou o Artesanato Reciclado Tosco Infantil.
Viajando sozinho(a).
É possível, sim.
Filha de peixe...
A mulher que se apaixonou pelos peixes.
Tody, o cão emprestado.
Dá pra ser.
Mulheres admiráveis - II.
Viajando com a Zara.
Dicionário Bernardês-Português (por Pedro Vittiello).
A Arca de Laura.
Racionamento.
Manual Mothern de Sobrevivência V – Organização de festas infantis.
O homem de 40.
Não tem comparação.
Eu, não.
Asilo GrandMotherns.
A incrível receita salvadora do Leite de Cereais.
Minha professora Geralda.
A Síndrome do Sapo Cantor.
TPM ou Como aproveitar um dia de fúria.
Não estamos grávidas.
Coca-cola é isso aí.
Economia motherna I – Produtos genéricos.
Os shows da vida.
Unplug and play.
Carol é vítima da moda dos outros.
A criança indobrável.
Manual de sobrevivência Mothern VI – Férias escolares.
Disney, sempre assim.
Estive na Bahia e antes não tivesse me lembrado de você.
Pequena advertência Mothern.
Então é Natal.
Matrioshka.
Fim de ano na moita.
Tomé, quem?!
Má-mãe ou A culpa também é uma merda.
Alê e o brinquedo de castigo.


Escreva sua opinião, comentário, sugestão etc.

motherns@hotmail.com


Outros Blogs
alice
afrodite
ask the dust
a teus pés
bloggete
blowg
brazileira preta
colega
copy & paste
daniel galera
daniel pellizzari
delicias cremosas
drops da fal
enigmatic mermaid
el latin lover
fel
fezoca's blurbs
gente
full giu
heranças
historias, estorias e afins
interney
internetc.
kaleidoscopio
lado b
lets blogar
luisa
malgardee
mario av
marketing hacker
moshi moshi
mosteiro virtual
mui gats
mulherzinha
mundoperfeito
nadas
oba fofia
o relicário
plenamente
rendição
síntesedas antíteses
speed log
sub rosa
the obvious?
wumanity
zamorim
zel


Alguns Sites
02 neuronio
adbusters
baderna
clube do bebe
corre cotia
palavra cantada
tpm


Jabá dos Maridos
Ki-Aikidô
Massive Reggae


Foto das Motherns
Márcia Charnizon


Blog Design
Laura Guimarães


Programação
Giuliana Xavier


Arquivos


ATOM FEED



This page is powered by Blogger.
 

30.11.06:::
 

Eu tenho uma amiga suíça, a Yvonne. De quando morei na Inglaterra, há muito tempo. Nos falamos pouco, mas sempre. Há uns cinco anos encontrei com ela em Barcelona e foi lindo. Quase choramos. A gente passeou e conversou e botou em dia toda a conversa. Tá, toda a conversa que era possível em poucos dias. O último email tinha sido há mais de um ano. Ontem abro meu inbox e tem um email dela "surprise". E duas fotos lindas, me apresentando a Saskia, um neném lindo, e a Yvonne com uma cara boa e cansada. E eu nem sabia que ela tava grávida. Quase chorei : )

: : Laura : :


2:09 PM

 

Cheguei em casa feliz. Me perguntaram: que cara é essa? Mostrei a aquisição. Não resisti. Consumismo bibliófilo é bom porque dá pouca dor na consciência : ) E não é lindo?

* * *

Ouvi outro dia na mesa do bar:
A Supernanny é tipo a Mary Poppins do mal.

* * *

Por falar em Mary Poppins, em tempos acelerados de canais pré-adolescentes, as meninas daqui adoraram o filme quarentão. Elas definitivamente estão vivendo num musical. É uma alegria quase contagiante.

: : Laura : :


1:19 PM

19.11.06:::
 

Pra quem sentiu falta da série Mothern ontem, no GNT, uma explicação: o último capítulo desta temporada foi o 13º, com o tema "DOIS OU UM", que foi ao ar no sábado passado.

Se tudo der certo - e o público, o canal e os anunciantes tiverem ficado satisfeitos com os resultados - uma segunda temporada será produzida, para entrar no ar em 2007.

E você, gostou do programa? Gostaria que a série continuasse? Quais os temas da sua vida de mothern você queria ver retratados em possíveis próximos episódios? Conte pra gente, clicando aqui.

: : Ju : :


4:26 PM

17.11.06:::
 

Hoje foi enterrada mais uma jovem morta pela anorexia.
21 anos, como a outra. Estudante de moda desta vez.
Profissionais de moda, publicidade e veículos de comunicação ligados ao tema divergem quanto ao assunto. Mas numa coisa todos se parecem: ninguém diz "a culpa é do que eu faço".

Pois quer saber a verdade? A culpa é de todos nós, sim. De cada um de nós. Nós que criamos a roupa só nos tamanhos PP, P e M, nós que aprovamos o casting do anúncio com a modelo magrela porque "a roupa nela veste melhor", nós que comentamos com a nossa filha "olha que linda esta foto!", nós que não ensinamos às nossas crianças o prazer de comer coisas saudáveis e ao invés disso compramos pra elas bolachinhas "diet", nós que ficamos preocupadas quando o nosso jeans 42 fica meio apertado, nós que compramos as revistas de moda onde essas mocinhas adoecidas trabalham, nós que compramos as roupas que elas anunciam, nós que ficamos pensando se não valeria a pena fazer uma lipo pra ficar um pouco mais parecidas com elas, nós que sem perceber já introjetamos este padrão de beleza e nos achamos menos bonitas por não nos encaixar nele.

Chega de achar que não é conosco, né?

: : Ju : :


3:33 PM

9.11.06:::
 

Ficar adulta tem lá suas vantagens. Uma delas é ver com orgulho os amigos lançando livros. Meu amigo Lino (ou Marcelino Rodrigues da Silva) lança nesse sábado Mil e Uma Noites de Futebol - O Brasil Moderno de Mário Filho. No Balaio de Gato. R. Piauí, 1052. Dia 11, a partir das 17 horas.

: : Laura : :


11:10 AM

 

Acho que, desde sempre, existe uma discordância (quiçá uma peleja) entre Nina e sua mãe quanto a cabelo. Ela gosta dos compridos, eu gosto dos curtos. Ela quer cabelos lisos, eu já aprendi a gostar dos caracóis. Ela achando horrível meu curtinho, eu achando péssimo o cabelón dela. Ontem levei a pré-adolescente à minha cabeleireira preferida, a que tem um salão bonito, a que corta meus cabelos há uns vinte anos, quando quero mudar de cara e ser bem tratada. Nina agora tem um cabelo médio e fofo. Ela adorou e eu também. Era tudo uma questão de design.

: : Laura : :


8:42 AM

8.11.06:::
 

Tenho uma amiga grávida.
Hoje o nick dela no messenger é
Uma parte de mim não sou eu.
:)

: : Laura : :


9:13 AM

7.11.06:::
 

Quando você fica sabendo que uma mulher de baixa renda e pouca instrução, inteligente, linda, mãe de quatro filhos, e que trabalha na sua casa toda semana, está hospitalizada há três dias por ter sido espancada pelo "namorado", é que você vê o quanto são ridículas essas nossas questõezinhas classe média de chato/não chato. E vê que o feminismo ainda engatinha ali, bem perto da gente.

: : Laura : :


9:10 AM

6.11.06:::
 

Primeiro dia útil do horário de verão. Minha filha está dormindo agora, muito linda, às 6 da tarde. O para-casa não está pronto. E eu não tenho coragem de acordar :)

: : Laura : :


5:27 PM

 

A matéria da Época está dando o que falar no LV. Algumas meninas discordam da chatice de algumas das tarefas que o pessoal cita na revista. Vamos lá, ao meu chatômetro:

1 - Pedir 10 vezes para o filho tomar banho, escovar os dentes e fazer o dever de casa.
L. Chato, mas acho que o verbo "pedir" aí tá errado. Você é quem manda. Eu só falo umas 2 ou 3 vezes (tá, umas 4 ou 5). Depois engrosso.

2 - Levar o filho para ir ao banheiro nos locais e momentos mais absurdos.
L. Normal, coisas da vida. A não ser quando a dupla é pai/filha e não tem banheiro infantil. Aí é chato. Quase impossível.

3 - O leva e traz desenfreado das aulas de natação, balé, futebol, vôlei, inglês, capoeira, violão etc. etc. etc.
L. Normal, só meio chato, coisas da vida de quem tem filho. Aliás, pra quê tanto curso, meu deus? Dividir com o pai é sempre uma boa. Aliás, essa dica serve pra tudo.

4 - A criança pedir para a mãe pegar tudo: copo d'água, controle remoto, tênis, revistinha...Inclusive coisas ao alcance das mãos .

L. Ih, você acostumou mal esse(a) menino(a). Chatíssimo.

5 - Ver o mesmo filme infantil 20 vezes seguidas, a ponto de decorar todos os diálogos e musiquinhas .

L. Isso eu acho até legal. Mas a mãe que vê 20 vezes tem algum problema. A vantagem do filminho é você NÃO ter que ficar do lado, não é não?

6 - Atravessar a fase em que o relógio biológico desperta a criança todos os dias às 5 e meia da manhã .

L. Chato mesmo, mas passa.

7 - Agüentar os filhos pequenos querendo saber os mínimos detalhes de todas as conversas de adulto .

L. Questão de educação. Você tem que dar uns toques nas crianças e evitar assuntos cabeludos perto delas. Mas lembre-se de que toda criança saudável e inteligente é curiosa. Ainda bem.

8 - Apartar as brigas dos filhos, que disputam até lata vazia de refrigenrante.

L. Ai, concordo, isso é um saaaaco.

9 - Ter que ir a duas (ou três) festas infantis por fim de semana.
L. Ah, não, 3 já é demais!

10- Nessas festas, ouvir músicas infantis bobocas e até funks de duplo sentido no último volume.

L. "funks de duplo sentido no último volume"??? Tá na hora de ir embora, não tá não?

: : Laura : :


3:52 PM

5.11.06:::
 

as mães são sinceras? hahahahaha, eu nao sou nao, eu falo um montao de mentiras :D
Ângela, sendo sincera.

: : Laura : :


9:29 AM

4.11.06:::
 

Elas pesquisaram na internet sobre o sexo dos hamsters. Desconfiaram. A veterinária da petshop confirmou: Minnie é macho!
A parte ruim é que Nina ficou desolée, eles não terão filhotes. (Agora já se acostumou e está feliz com Sansão).
A parte boa é que, bem, eles não terão filhotes.

: : Laura : :


11:43 AM

3.11.06:::
 

Saiu uma matéria enorme na Época dessa semana chamada Só as mães são sinceras. Vai .
E nessa segunda, dia 6, às 15 horas, eu estarei no chat da globo.com. Assim que eu tiver o link ponho aqui pra vocês.

: : Laura : :


4:30 PM

1.11.06:::
 

Programa para véspera de feriado:

indubitável!
(desta vez o trocadilho não é meu :)

01 de novembro quarta-feira
DJs: Leo Vidigal (dub/ragga/roots/pedradas)
corpo-santo (UK dub/steppers/ragga)

A Obra Rua Rio Grande do Norte, 1168

: : Laura : :


8:08 AM