Mothern - Manual da Mãe Moderna

Para comprar o livro
Mothern - Manual da Mãe Moderna:
Matrix Editora
Saraiva
Fnac
Siciliano
Submarino

As 500 melhores coisas de ser mãe

Para comprar o livro
As 500 melhores coisas de ser mãe:
Matrix Editora
Saraiva
Siciliano
Submarino

Mothern no GNT
Para assistir ao programa no GNT:

Terceira temporada
Domingo 03:33
Domingo 17:02
Terça 23:31
Quarta 14:00
Quinta 11:00

Leia e deixe seu recado
Leia e deixe o seu recado

Leia Também
Nossa primeira blogada.
Mothern. Vale a pena ser uma?
A Verdade.
Restaurante com crianças: mantendo a finesse.
Tchau, cocô!
Meu blog, meu filho.
Programas de curumim.
Porque contratar uma mothern.
Abomináveis.
O novo pai.
Unha é útil!
Primeiro Quiz Mothern.
Os piores pais.
Susi Foda.
Meu marido e sua performance.
Manual de convivência com amigas motherns.
Manual de convivência com amigos sem filhos.
A saga da escolha de uma escolinha.
Comendo os convidados.
Cabeleireira por um dia.
Marquinho,o sedutor de menores.
A teoria dos inversos proporcionais.
De mudança.
O que são 2 anos, afinal?
Matemática motherna.
No embalo das cólicas.
Chupeta no lixo.
Post-preguiça-descontrol.
Arquitetura motherna I (banheiros públicos).
Arquiteturamotherna II (hotelaria).
Aunião duradoura.
O comercial que não vale um Danoninho.
Laura, versão 3.3.
Boanoite, Cinderella.
O brinquedo abominável.
Mais lenha para a Borralheira.
Técnicas avançadas de alimentação infantil.
A bolsa mothern.
Cólica ou refluxo?
Só no sapatinho.
Tecnologia a (des)serviço da mothern.
A mascote.
Operação brinco.
De começos e outras dores.
Mau-humor é uma merda.
"Diga-me o que ledes..."
Feira motherna.
O Homem-Banguela.
Organizações Mothern.
Nana neném.
Por quê?!
O poder persuasivo do choro.
Serviço de branco.
A arte de enganar crianças.
Manual Mothern de Sobrevivência I - Reunião de pais.
"...é tarde, é tarde, é tarde."
Manual Mothern de Sobrevivência II - Festinha de Aniversário.
Chove,chuva
Voce sabe que está envelhecendo...
Manual Mothern de Sobrevivência III- Viagem de carro.
A mãe de 30.
Poesia para Dedé.
Rosa, a cor suprema.
Não é a mamãe!
A menina de tres.
Síndrome da Proximidade das Férias.
O verão para as grávidas.
Hey, mister DJ!
A comida ambulante.
Babáou escolinha?
Cagada no clube.
Deupositivo. E agora?
SociologiaMotherna
Para entender as mães.
A Fal e os livros.
O segundo filho.
Muito além da Susi.
O dia da posse.
Koan
Truques bizarros para adormecer crianças.
Porque não ver o filme da Xuxa.
Para entender as mães II.
Ligada ou desligada?
Diálogo motherno.
Condicional.
Festa de 1 ano.
O resguardo.
Fimde caso.
Para os 10 anos do menino.
Não-post.
Todos os nomes da coisa.
Ensinando a pedalar.
Recaída.
Um post de carnaval.
Desejo de grávida.
A arte de receber com crianças em casa.
XY.
Manual de convivência com amigos sem blogs.
Diálogos do casamento I.
Paras empre.
Diálogos do casamento II.
Hai Kai da Alice.
Manual de Convivência com Amigos Blogueiros.
A mãe-adolescente.
Pânico I - a mancha.
Drops Kids.
Talk Sex with Flávia Johanson.
Artigos de luxo para a infância do séc. XXI.
Abril.
De quem é o meu peito?
Técnicas de escovação dental infantil.
20 dicas para o Dia das Mães.
A mãe lesada.
Guia de Sobrevivência Mothern IV - Viagens de trem.
Mulheres Admiráveis I.
A mãe criança.
3 dicas rápidas para o banho do seu filho.
O menino nota 10.
Pequenos prazeres femininos I.
E assim se passaram 3 anos.
Flagrante de uma não-mothern.
Chatos convictos.
A menina que vive num musical.
Educação sonora.
Clube da Luta.
Mamãe é uma festa.
Sexta-feira, Clarice e algo mais.
Carta aberta ao presidente da CBF.
Guilherme Augusto Araújo Fernandes.
Dia de sol. Noite sem luz.
Elogio ao não.
As flores do bem.
Na verdade.
Chá de bonecas.
Passou, passou.
Poema da Fal para a Nina.
Ô Cridê!!!
Na feira com a Helô.
It's okay.
Pensando bem.
Primeiro Glossário Mothern.
A mãe superintendente.
Rimando.
Bloody sunday.
No elevador com a Moema.
The Great Fashion Disaster.
Escravizados por um ursinho azul.
A Outra.
O pai que não ajuda.
ARTI ou o Artesanato Reciclado Tosco Infantil.
Viajando sozinho(a).
É possível, sim.
Filha de peixe...
A mulher que se apaixonou pelos peixes.
Tody, o cão emprestado.
Dá pra ser.
Mulheres admiráveis - II.
Viajando com a Zara.
Dicionário Bernardês-Português (por Pedro Vittiello).
A Arca de Laura.
Racionamento.
Manual Mothern de Sobrevivência V – Organização de festas infantis.
O homem de 40.
Não tem comparação.
Eu, não.
Asilo GrandMotherns.
A incrível receita salvadora do Leite de Cereais.
Minha professora Geralda.
A Síndrome do Sapo Cantor.
TPM ou Como aproveitar um dia de fúria.
Não estamos grávidas.
Coca-cola é isso aí.
Economia motherna I – Produtos genéricos.
Os shows da vida.
Unplug and play.
Carol é vítima da moda dos outros.
A criança indobrável.
Manual de sobrevivência Mothern VI – Férias escolares.
Disney, sempre assim.
Estive na Bahia e antes não tivesse me lembrado de você.
Pequena advertência Mothern.
Então é Natal.
Matrioshka.
Fim de ano na moita.
Tomé, quem?!
Má-mãe ou A culpa também é uma merda.
Alê e o brinquedo de castigo.


Escreva sua opinião, comentário, sugestão etc.

motherns@hotmail.com


Outros Blogs
alice
afrodite
ask the dust
a teus pés
bloggete
blowg
brazileira preta
colega
copy & paste
daniel galera
daniel pellizzari
delicias cremosas
drops da fal
enigmatic mermaid
el latin lover
fel
fezoca's blurbs
gente
full giu
heranças
historias, estorias e afins
interney
internetc.
kaleidoscopio
lado b
lets blogar
luisa
malgardee
mario av
marketing hacker
moshi moshi
mosteiro virtual
mui gats
mulherzinha
mundoperfeito
nadas
oba fofia
o relicário
plenamente
rendição
síntesedas antíteses
speed log
sub rosa
the obvious?
wumanity
zamorim
zel


Alguns Sites
02 neuronio
adbusters
baderna
clube do bebe
corre cotia
palavra cantada
tpm


Jabá dos Maridos
Ki-Aikidô
Massive Reggae


Foto das Motherns
Márcia Charnizon


Blog Design
Laura Guimarães


Programação
Giuliana Xavier


Arquivos


ATOM FEED



This page is powered by Blogger.
 

28.9.05:::
 

Hoje, 28 de setembro, é o Dia pela Descriminalização do Aborto na América Latina e Caribe. O mote da campanha diz tudo:

Aborto: a mulher decide, a sociedade respeita, o Estado garante.

É isso aí.

(E quem quiser ajudar a mudar a legislação brasileira a respeito, pode assinar a carta de São Paulo aqui.)

: : Ju : :


2:43 PM

 

Das coisas que me distraem a um mês do exame de qualificação:

Bonecos

Lego

E um super trunfo!

(I really love Google)

: : Laura : :


8:49 AM

27.9.05:::
 

...aí a Jennifer Beals cresceu, arrumou um monte de amiguinhas lindas e virou aquela palavra com L.

E agora ela e sua parceira estão tentando ter um bebê.

: : Ju : :


3:48 PM

26.9.05:::
 

What a feeling!

Bom mesmo é descobrir, depois de anos e anos de amizade com a pessoa, que além de um blog, um livro e muitas histórias, vocês também têm em comum... os mesmos inesquecíveis passos de jazz!

E, depois de misturar cerveja, vinho, whisky e salmão ao forno, brindar os (por sorte poucos e sem câmeras) queridos amigos presentes com uma coreografia especialmente improvisada para a ocasião.

Well, I hear the music,
close my eyes, feel the rhythm,
wrap around, take a hold
of my heart.
What a feeling.
Bein's believin'.
I can have it all, now I'm dancing for my life.
Take your passion
and make it happen.
Pictures come alive, you can dance right through your life...




Laura, temos que repetir essa, darling!
:-)))

: : Ju (saindo do limbo de collant e caneleira) : :


6:22 PM

23.9.05:::
 

Continuação

Gabi:
_Mãe, como assim, "carne é crime"?
_É que tem gente que acha que, como matamos o bicho pra comer, toda carne é um assassinato, um crime, entendeu?
_Entendi, mas a gente é carnívoro.
_É isso que falam as pessoas que acham que está tudo bem em comer carne.
_Ah.
_E quem você acha que tá certo, Gabi?
_Os dois.

: : Laura : :


12:46 PM

 

Ceci, 3, filha da nossa punkmothern Carol, passando pelo muro grafitado:
_ Olha, mãe! Uma parede com tattoo!

: : Laura : :


12:35 PM

22.9.05:::
 

O contexto: churrasco na casa de uma amiga.
Gabriela: eu adoooro coração de galinha!
Nina: CARNE É CRIME*.

: : Laura : :

*Não, minha filha não virou vegan. Ela gosta de carne, mas gostou mais ainda da frase, que leu numa pichação enorme, no muro de um açougue aqui perto de casa.


5:44 PM

 

Dica da Ju:

FAO - Fatores de Auto-organização

: : Laura, a mediadora : :


3:30 PM

21.9.05:::
 

Eu com as quatro
eu com ela
eu com ela
nós por cima
nós por baixo...


Lembra dessa brincadeira? Depois de adulta, não parece sacanagem?


* * *

Da Ângela:
vcs já se deram conta que o lexotan é rosa e o viagra é azul? Por que será?

* * *

Giu, amore, também me viciei em pílulas : )

* * *

Disse um conhecido, um pouco mais velho que eu:
Não agüento esse revival. Quem REALMENTE aproveitou a década de 80 não lembra de nada disso.

* * *

Algumas mães não entendem que, às vezes, quando as pessoas perguntam e as crianças, vão bem?, elas estão apenas sendo educadas. E não solicitando um relatório completo de todas as atividades do menino.

* * *

Tive uma reunião com meu orientador ontem. E uma de trabalho hoje. Tenho pouco tempo e muito a fazer. Ótima hora para retomar meu blog.

: : Laura : :


2:22 PM

20.9.05:::
 

Ou como me disse um dia um menino de quem eu gostava muito, citando Manoel de Barros:

Quem anda no trilho é trem de ferro,
sou água que corre entre pedras:
liberdade caça jeito.


: : Laura : :


10:41 AM

 

É que eu acho, acho de verdade, que se eu tivesse nascido convencional e bem caretinha a minha vida seria infinitamente mais fácil.
Quantos anos de divã será que leva para alguém se enquadrar, hein?


Ai, Cam, adorei isso. Eu já desisti do divã. E tenho criado as filhas nos mesmos moldes (teria outro jeito?). Pode até ser menos fácil, mas tendo a achar que é bem mais divertido.

: : Laura : :


9:13 AM

 



Vai lá : )


8:54 AM

19.9.05:::
 

Eu sei que o Caetano faz isso há muito tempo, assim como o Kid Abelha e a Adriana Calcanhotto. É um golpe baixo e conhecido. Os caras pegam uma música baranga que fale de amor, tiram o arranjo barango, substituem por um violão e cantam beeem devagar, dando umas paradinhas. Fica lindo e você ouve a baranguice sem culpa.
Já ouviu o bonitão do Seu Jorge cantando Bola de Meia? É de derreter.

Fui eu que te dei o primeiro beijo
O primeiro toque, a primeira canção
Se realmente quer ficar comigo
Não faz bola de meia com meu coração.


* * *

Fui levar as crianças ao cinema para ver Deu Zebra. Mas deu zebra, o horário estava errado e resolvemos ver Dois Filhos de Francisco. Passamos dois dias inteiros cantando É o amOOOOOOOr. Leo repetia: mala educación, mala educación. E pegou A Flauta Mágica na locadora pra compensar.

* * *

Aliás, você já mostrou Yellow Submarine (o filme) pro seu filho? É muito bacana.

* * *

Comprei o cd novo de Los Hermanos. Um pouco estranho, um pouco chato, sem hits.
E bonito de doer, emocionante mesmo. E eu ouço com a certeza de que a morena que o moço canta sou eu.

* * *

O cd novo do Pato Fu está uma delícia, diversão pra família toda. A fofa da Fernanda veste a camiseta mothern no encarte : ) Fomos ao show com as meninas, que se divertiram horrores. Gabriela fez uma redação e um desenho, que está no site da banda. Apareçam pra ver e aproveitem para ir ao site da MTV e votar em Anormal, que concorre ao VMB de melhor clipe pop.

* * *

Fora isso, meu nome é mestrado. Tou louca pra voltar a postar aqui, mas não tá rolando. See ya.

: : Laura : :


9:05 AM